Artes

(Tempo para leitura: 4 minutos)
A importação de arame recozido foi por um bom tempo diminuída em função do dumping. No entanto, o que poucos sabem é que há uma variação de arame recozido, muito utilizada no Brasil, que não cabe pagamento de anti-dumping, ou seja, compensa muito importar. E é sobre isso que vamos falar agora.

Posso importar qualquer tipo de arame ou somente o recozido?
Arame recozido é um dos arames comumente importados. É possível importar arame galvanizado, com revestimento PVC, farpado, arames de diversas bitolas e em diversos padrões de tamanho de bobina. É possível também importar o fio máquina, que dá origem a estes produtos. O que é importante notar, é que boa parte destes itens são altamente viáveis na importação, até em função do desabastecimento nacional. Ou seja, não há impedimento para importação de arames.

E o dumping para o recozido?
Deixamos de importar por um bom tempo arame recozido em função do dumping, no entanto, a composição da liga é que determina se vai ou não incidir. Há uma liga específica que não requer o pagamento da sobre taxa, ou seja, compensa muito a importação da China (onde incide o dumping) em relação a Turquia, que seria o mercado alternativo. Por isso, se a restrição em custos é essa, não precisa mais se preocupar. Dá jogo a importação, mesmo sendo origem chinesa.

Dicas para importação neste segmento
Além do dumping, um item importante é a embalagem. Para caber o máximo possível no container, procure embarcar em caixas de 20 ou 25kg. Se for bobina de 1 kg, trançar é uma boa saída. Se forem bobinas maiores, procure embarcar solta ou no máximo paletizada, assim você ganha em capacidade. O ideal é embarcar 26 toneladas, para viabilizar o processo. Outros arames, que não o BGW 18 recozido, também podem ser importados, até em menor escala, por isso busque fornecedores capazes de atender sua demanda de maneira organizada e consolidada. Bons negócios!

Créditos da foto: Photo by Ricardo Gomez Angel on Unsplash
Retirado e baseado de blog da EMME

Tem dúvidas ou quer saber mais? Fale agora mesmo conosco pelo botão do WhatsApp.

EN: If you want to read this article in English, click on the link and choose the option “English” on the language button on our website.

ES: Si desea leer este artículo en español, haga clic en el enlace y elija la opción “Español” en el botón de idioma de nuestra pagina web.

Compartilhar:

Similar Posts

Leave a reply

required*